Mini Sites Para Afiliados do João Martinho

Mini site para afiliados 2017 Funciona?

Olá, hoje você vai saber o poder que existe em um mini site para afiliados e vou te falar também sobre o poder que existe nesta estratégia de sites de uma página só, que poucas pessoas ainda sabem, e aqui em nosso site mini site para afiliados, você vai saber de tudo o que os cursos nunca falaram para você com o Expert em SEO e produtor do curso mais famoso do Mercado o SEO Para afiliados, o mestre ( Como os alunos dele o chamam ) João Martinho.

mini site para afiliados joao martinho

Primeiro vou te falar mais sobre os mini sites em 2017 abaixo, vamos lá.

O que são mini-sites e como funcionam

Mini-sites são endereços na web que, como o próprio diz, são pequenos, menores que um blog, ou portal de notícias.

A principal característica de um mini-site, é possuir informação acerca de um único assunto e, muitas vezes, falar apenas de um produto que resolve um problema de um público alvo específico.

Esse tipo de página existe há muito tempo nos EUA, mas chegou recentemente ao Brasil e, de uma hora para outra, o foco de donos de páginas web e pessoas que trabalham no mercado de afiliados é construir esses mini-blogs, como também são conhecidos.

Pensando no trabalho que existe para manter um blog no ar, possuir vários mini-sites pode ser a melhor solução para fazer vendas no chamado “piloto automático”.

Como se trata de publicações, na maioria das vezes, de apenas uma página, o trabalho é criar o conteúdo uma única vez e publicar. Já um blog precisa de atualizações e de toda uma série de outras ações para gerar resultados.

Mini-sites ou “money-sites”

A expressão mini-site é brasileira, nos EUA os mini-blogs que vendem são chamados, convenientemente de “money-sites” (sites de dinheiro), pois quando bem otimizados, são mesmo uma máquina de vendas.

Independente da denominação, a finalidade de um mini-site é gerar dinheiro. Por isso tornou-se a forma preferida de trabalho dentro do mercado de afiliados. É muito mais fácil ranquear um mini-site do que um blog inteiro.

Com a construção de mini-sites, um afiliado pode promover vários produtos em nichos diferentes, e fazer o trabalho em um tempo infinitamente mais rápido do que se criasse um blog voltado para um nicho específico.

Conseguindo ranquear vários mini-sites nos mecanismos de busca, as vendas começam a acontecer de forma orgânica (sem pagamento de anúncios).

Entenda o mecanismo de um mini site para afiliados

O mini-site nada mais é que uma “ponte” para uma página de vendas, onde está sendo oferecido um produto qualquer.

Eles podem ser construídos com várias páginas (até 4), mas geralmente possuem uma única página de conteúdo, que contém informações sobre o produto que está sendo oferecido na página de vendas.

O assunto desses mini-sites compreende fazer um resumo do produto que será oferecido, incluindo no texto, quebra de objeções da audiência.

Ou seja, é literalmente, uma página tira dúvidas que tem a incumbência de convencer o público a ir para a página de vendas e efetuar uma compra.

Para isso o texto deve ser escrito de forma clara, antecipando e respondendo possíveis perguntas que esse público faria, eliminando a resistência e levando até a página de vendas.

5 passos para construir um mini-site de sucesso

Se você gostou do conceito dos mini-sites, veja abaixo 5 passos para criar um desses mini-blogs.

1 – Nicho de mercado

O primeiro passo é encontrar um nicho de mercado que não seja muito concorrido. Isso é importante, pois quanto menos concorrência mais fácil é para conseguir ranquear bem nos mecanismos de busca. Diferente de um blog, aqui você não precisa gostar do assunto, muito menos conhecer sobre ele. Então, é importante procurar por assuntos que tenham uma quantidade razoável de público, para conseguir fazer vendas.

2 – Palavras chave

Muitas pessoas negligenciam a pesquisa de palavras chave e esse é um erro fatal na hora de criar o conteúdo do mini-site. Conhecer os termos exatos que as pessoas usam na hora de procurar pelo assunto é primordial para otimizar a página e fazer com que esteja apta a aparecer na primeira página das buscas. Faça uma pesquisa de palavras chave minuciosa, escolha algumas que sejam “cauda longa” e crie seu texto procurando colocar essas palavras e expressões dentro dele.

3 – Produto

Para escolher um produto é preciso levar em conta alguns critérios. Todas as plataformas de infoprodutos possuem parâmetros de avaliação, para mostrar quais produtos estão vendendo mais, quais são mais queridos do público e quais fazem vendas mais rápido. Observe a página de vendas, tente saber se os depoimentos são reais, se puder compre o produto para ver se ele entrega mesmo o que promete. Tudo isso é importante para ter uma média de devoluções menor. Se o produto for ruim, ou mentiroso, as pessoas usarão o prazo da garantia e devolverão, e quando isso acontece suas comissões também são devolvidas.

4 – Conteúdo

Faça um texto envolvente, fale sobre a dor principal do público-alvo, procure fazer essas pessoas se imaginarem com o problema resolvido e tudo isso graças ao produto que você está oferecendo. Não coloque falsas promessas no texto, não invente coisas que não estejam na carta de vendas original, crie curiosidade no público, mostrando apenas uma parte das informações importantes e fazendo as pessoas clicarem para irem ver o restante na página de vendas original. No final, faça uma chamada para a ação que mexa com a dor e mostre a solução.

5 – Otimização

Não adianta fazer um mini-site para afiliados lindo se ele não tiver condições de aparecer no resultado das buscas. Para que seu mini-blog tenha chance de ir para a primeira página, faça um bom trabalho de SEO “on page” (na página), como trabalhar com headlines que contenham a palavra chave, criar url amigável, usar cabeçalhos H2, H3, usar palavras chave relevantes, escrever um número de palavras acima do mínimo, usar parágrafos curtos.

Esses são os passos básicos para construção de um mini-site, entre esses itens existem inúmeras tarefas que precisam ser feitas para que a página tenha um bom ranqueamento.

Apesar desses passos serem simples, é preciso executá-los corretamente, pois uma pesquisa errada de palavras chave, ou escolha de um produto que não resolva o problema do seu público alvo, podem colocar todo o trabalho de montagem do mini-site a perder.

Mini Sites para Afiliados 2017

Website: